Salão Internacional de Moscou: os lançamentos de menor destaque

29 08 2008

De hoje (29) ao dia 7 de setembro a Rússia abre suas portas para o mundo. Palco de grandes lançamentos neste ano, o Salão Internacional de Moscou vem se tornando cada vez mais importante, ganhando merecido destaque internacional. Algumas das principais novidades do evento já foram apresentadas e, agora, outras de menor destaque – sem deixar de lado sua devida importância, claro – foram mostradas à imprensa. Visando principalmente o mercado interno e dos arredores da região, confira agora novos modelos da mostra.

Renault Sandero

Lançado no Brasil em meados do ano passado, o Renault Sandero foi apresentado há pouco tempo na Europa, sob a bandeira da Dacia e com algumas mudanças estéticas. Agora, o hatch desembarca ao mercado russo como Renault, porém com as mesmas alterações visuais do modelo da Dacia – como a nova grade frontal. Apostando todas as suas fichas, a montadora francesa, que já havia apresentado o Symbol no mesmo evento, lança o Sandero inicialmente com duas opções de motorização: 1.4l MPi de 75cv e 1.6l MPi de 90cv. Mais adiante, chegará o mesmo propulsor brasileiro de 1.6l e 16v, podendo ser acoplado a uma caixa de câmbio automática.

Hyundai ix55

Conhecido mundialmente como Veracruz, o utilitário esportivo topo de linha da Hyundai chega em breve à Europa com nova denominação. Batizado ix55, o SUV é o mesmo vendido por aqui, porém com ajustes na suspensão. O ix55 é esperado para estrear no outono europeu, tendo na relação custo/benefício a principal arma. Terá duas opções de acabamento, cada uma com um propulsor diferente. A movida a gasolina conta com um motor 3.8l V6 24v de 260cv, enquanto o bloco a diesel 3.0l CRDi V6 desenvolve 240cv. Com capacidade para sete passageiros, equipamentos de série não faltarão no utilitário.

Skoda Superb

A maior novidade do modelo tcheco de grande sucesso no mercado russo é o novo propulsor. De seis cilindros em “V” e 3.6l, o bloco é capaz de render 260cv de potência. A tecnologia de injeção direta de combustível é a mesma da VW, acionista da marca. Tração integral e câmbio automático seqüencial vêm de fábrica no sedan, bem como exclusivos itens de convivência. O Skoda Superb V6 acelera de 0-100km/h em 6,5s e atinge 250km/h de velocidade máxima, limitada eletronicamente. Num país onde imagem e equipamentos são fatores preponderantes na compra de um carro, o Superb tem atributos de sobra para fazer bonito naquele mercado.

BYD F0

Os chineses também têm seu devido destaque no Salão de Moscou. A BYD traz para o seu estande o F0, compacto com design e proposta claramente inspirada no Toyota Aygo. O hatch de quatro portas será oferecido a partir do ano que vem, com preço estimado em US$ 8.145 (R$ 13.110), contracenando o papel de modelos mais acessíveis do mercado juntamente com os Lada. Sob o capô, um pequeno motor de 1.0l rende 68cv, suficientes para mover seus 870kg com agilidade e percorrer até 25 quilômetros com um único litro de combustível.

FAW Xiali Vizi

Assim como na BYD, o principal destaque da FAW é um modelo plagiado. Mais uma vez “vítima” da cópia, a parceria da Toyota com a Xiali originou tal modelo, baseado no já extinto Vitz/Yaris da primeira geração. Até a posição dos logotipos e nome do compacto é parecido com o do japonês: Vizi. Semelhante ao Yaris I também é a gama de motores: 1.3l de 87cv e 1.5l 16v de 99cv. Um propulsor de 75cv é a única opção diesel do hatch, que chega com preço igualmente competitivo e brigando com tradicionais modelos da Lada.


Por Fillipe Vivas

Anúncios




Salão de Moscou: as novidades da mostra russa

28 08 2008

Evento de grande importância, tanto para o mercado interno quanto para o do Leste europeu, o 12º Salão Internacional de Moscou, na Rússia, abre suas portas ao público apenas no dia 29 de agosto, mas suas principais novidades já podem ser conhecidas. Encerrando-se no dia 7 de setembro, a mostra vem se tornando cada vez mais importante para os mercados dos arredores da região, o segundo maior da Europa e um dos que mais crescem no mundo, juntamente com China e Brasil. Assim sendo, tradicionais marcas escolheram o evento para mostrar seus mais novos projetos, como a Audi e a nova geração do A6. Confira a seguir um resumo das principais novidades do 12º Salão Internacional de Moscou.

Lada C-Cross Concept

Anfitriã do evento, a Lada aproveitou e mostrou seu novo utilitário esportivo desenvolvido em parceria com a Renault local. Fugindo a tradição da marca, o Lada C-Cross Concept tem linhas modernas e com identidade visual própria, enquadrando-o na categoria dos crossovers. Tal denominação se deve ao conceito do modelo, com elementos de SUV’s e veículos de passeio, carregando confortavelmente cinco passageiros e sem perder a esportividade. Sem mais detalhes revelados pela montadora russa, o C-Cross Concept provavelmente será o substituto do Niva.

Brilliance BC3 Coupé

A montadora chinesa tem como principal lançamento no seu estande o cupê BC3 – na Rússia será chamado de M3. O esportivo possuirá peças chinesas e será montado em território russo, chegando imediatamente àquele mercado. O modelo, com capacidade para quatro pessoas, possuirá duas opções de motor: um 1.9 16v de 136 cv e um 1.8 Turbo de 170 cv. Detalhes adicionais não foram revelados, mas sabe-se que a suspensão do M3 Coupé foi desenvolvida por uma equipe especial da Porsche.


Mazda Kazamai

Mais recente conceito da Mazda, o Kazamai chegou à mostra russa em grande estilo: bailarinas, patinadores e até soldados apresentaram o chamativo crossover. Lembrando outros conceitos, como o Furai, Kabura e Nagare, o Kazamai tem no visual seu principal destaque. As linhas da carroceria parecem estar em movimento, reforçando a proposta de robustez e esportividade. Muito provavelmente o conceito sairá das linhas de montagem da marca japonesa, como uma espécie de Ford Kuga destinado ao mercado russo. Motores não foram revelados, mas o DISI 2.0l de última geração presente no Kazamai deverá estrear na versão “civil” do utilitário.

Audi RS6

A Audi traz a família A6, nas variantes sedan e station wagon, como seu maior destaque no Salão de Moscou. Mas o que chama a atenção no estande da marca é o RS6, versão ainda mais apimentada do sedan de luxo. Disponível apenas na variante sedan, o esportivo vem equipado com um bloco V10 de 5.0l e capaz de render 580cv. Com as mesmas alterações estéticas do A6 convencional, mas com kit visual mais agressivo, é claro, o RS6 acelera de 0-100km/h em 4,5s e tem velocidade máxima limitada eletronicamente em 250km/h. O sistema de tração Quattro é o responsável pela distribuição de torque nas quatro rodas de 19 polegadas e calçadas com pneus 255/40. Para conter a potência do esportivo, os freios têm 290mm de diâmetro na dianteira e 365mm na traseira.

Renault Symbol

De destaque internacional, o sedan da Renault que já havia sido apresentado revelou novos detalhes no evento. Baseado no Sandero nacional, o Symbol/Thalia usa a plataforma do Dacia/Renault Logan, compartilhando medidas e equipamentos. Seus 4,26 m de comprimento serão impulsionados por seis diferentes propulsores, sendo dois movidos a diesel (1.5l dCi de 65cv ou 85cv). Entre os movidos a gasolina: 1.2l 16v de 75cv, 1.4l de 75cv, 1.4l 16v de 98cv e 1.6i 16v de 105cv. O visual é inspirado em outros modelos da marca, como o Clio III e o Sandero, bem como seu habitáculo. Ar-condicionado digital, bancos com sistema de aquecimento, airbags, ABS e EBD serão itens de série no modelo, que chega imeditamente ao mercado russo e, em 2009, ao brasileiro.

Por Fillipe Vivas