New Beetle sofrerá reestilização em novembro

22 03 2010

O simpático New Beetle sofrerá uma reestilização em novembro, durante o Salão de Los Angeles. O modelo deve chegar aos países latino-americanos, incluindo o Brasil, em 2011. Segundo o chefe de design da Volkswagen, o modelo possuirá linhas mais angulosas e novos motores mais potentes, deixando de ter foco no desenho e passando a ter como característica o espírito esportivo.

Continue lendo »

Anúncios




Ford mostra novo Lincoln MKZ

24 11 2008

No embalo do novo Ford Fusion, a ainda gigante americana apresentou no Salão de Los Angeles a versão mais luxuosa de seu sedan médio mais vendido. O novo Lincoln MKZ vem com o estilo inconfundível da Lincoln, com a enorme grade dianteira dividida em duas seções e entre elas o emblema da marca. Por dentro o carro é recheado de equipamentos só encontrados nas versões topo de Fusion e Milan, já apresentados anteriormente.

2010-lincoln-mkz_11 2010-lincoln-mkz_14

O MKZ vem equipado de série com o sistema BLIS, que monitora os pontos cegos do carro e informa ao motorista se há algum outro veículo neles, sistema de navegação que recebe comandos por voz, câmera traseira para auxílio em manobras e  sistema de som da marca THX. O único motor disponível para o modelo é o novo 3.5L V6 de 263cv, conectado ao cambio automático de 6 marchas com opção de trocas manuais utilizado nas versões mais caras dos primos da Ford e Mercury, e assim como eles é produzido na mesma planta de Hermosillo, México.

por Igor Macário





Salão de Los Angeles: Nissan revela 370Z por inteiro

22 11 2008

Um dos lançamentos mais aguardados da Nissan nos últimos meses finalmente foi apresentado oficialmente durante a estréia do Salão Internacional de Los Angeles, nos Estados Unidos. A lendária saga do cupê esportivo da montadora nipônica ganhou continuidade com a chegada do 370Z, o substituto do atual 350Z. A mudança do nome se deve às modificações mecânicas, que tornaram o carro ainda mais agressivo, combinado com o visual renovado destacado pelos novos vincos espalhados pela carroceria.

370zla1

Como já era esperado, a nova geração do 350Z está mais potente. O próprio nome já denuncia: 370Z, em alusão ao propulsor 3.7l de 332 cavalos de potência, 20 cv a mais que o atual bloco 3.5l. Acoplado ao novo motor, uma inteligente caixa manual de seis velocidades com sistema de redução sicronizada e outra automática seqüencial de sete marchas. A (dupla) embreagem é a mesma presente no primo mais rico, o superesportivo GT-R.

370zla2 370zla3

Por fora, o modelo traz como principal destaque o conjunto óptico redesenhado marcado por novos recortes e fortes vincos. O pára-choque dianteiro também é novo, ganhando tomadas de ar mais amplas e um visual mais agressivo, a exemplo da peça traseira. No habitáculo, a mudança foi grande e o painel traz agora um acabamento mais refinado que o da versão atual. Por causa da nova plataforma, que tem entre-eixos cerca de 10 centímetros menor, o espaço interno foi afetado. O porta-malas também está menor, com a redução de cerca de 7 cm no comprimento (4,25m contra 4,32 do 350Z). Por sua vez, o Nissan 370Z está mais largo, o que proporciona um ligeiro aumento no espaço para os ombros.

370zla4

Nos Estados Unidos, onde deverá ser comercializado incialmente, o esportivo parte dos US$ 29.900. O próximo mercado em que o cupê desembarca – em abril de 2009 – é o europeu, pouco depois de chegar à terra do sol nascente. Não há previsão de lançamento no Brasil.

Por Fillipe Vivas





Salão de Los Angeles: Lexus apresenta novo RX

20 11 2008

O mercado de automóveis de luxo nos EUA está passando por cada vez mais dificuldades. Pensando nisso, a Lexus revisou o luxuoso utilitário RX, e está apresentando o resultado dessa revisão no Salão de Los Angeles. Os traços visuais são os mesmos da segunda geração, mas o que muda agora são as motorizações, que passam a ser mais econômicas. A terceira geração do utilitário passa a ser vendida nos EUA a partir do primeiro semestre de 2009, com tração 4×2 ou integral.

rx-la-10

Agora, todas as versões possuem debaixo do capô o propulsor 3.5 V6. O modelo movido a gasolina agora possui 270 cv de potência e uma caixa de câmbio de seis velocidades, frente a 268 cv e câmbio de cinco velocidades na versão anterior. O RX híbrido agora conta com 295 cv, frente a 270 da versão anterior. O câmbio é o mesmo ECVT da segunda geração.

Por Pedro H. Kotowicz





Salão de Los Angeles: Lamborghini LP 560-4 Spyder

20 11 2008

A Lamborghini reservou para o Salão de Los Angeles a apresentação do LP 560-4 Spyder, versão conversível do superesportivo cupê LP 560-4 e sucessor do Gallardo Spyder. O modelo é equipado com o mesmo motor V10 5.2l da versão cupê e, com seus 567 cv de potência, é capaz de chegar a uma velocidade máxima de 323 km/h e levar 4 segundos para alcançar os 100 km/h.

 

A caixa de transmissão do modelo foi revista, ficando mais leve e com troca de marchas mais rápidas. Além disso, itens como o chassi, suspensão e tração integral foram reajustados para beneficiar a bela versão conversível. O processo para a abertura da capota de tecido, que está disponível nas cores preta, azul, cinza e bege, do modelo leva 20 segundos. 

Pot Carlos Eduardo Tobias





Salão de Los Angeles: Ford apresenta Fusion renovado

20 11 2008

Quando o Ford Fusion foi lançado no mercado brasileiro em 2006, o que mais impressionava no modelo não era seu porte ou conforto, mas sim, seu preço. Custando o equivalente a carros como Vectra Elite, o sedã grande com preço de sedã médio top da Ford fez relativo sucesso por aqui, considerando ainda que seu preço parte da casa dos R$ 80 mil. O Fusion foi um dos primeiros modelos que mostraram ao nosso mercado que a parceria Brasil-México poderia trazer grandes benefícios.

2010-ford-fusion-sport_16

Agora, o Fusion, que no mercado dos Estados Unidos possui a importante missão de concorrer com os bons de venda Honda Accord e Toyota Camry, foi apresentado no Salão de Los Angeles com sua primeira reestilização, e pelos planos da Ford, deverá conquistar uma maior parcela do competitivo segmento que é o dos sedãs no mercado norte americano.

fusion-5

Mesmo com visual renovado o Fusion não perdeu totalmente a identidade do modelo anterior. Sua dianteira continua com a característica grade cromada, só que agora maior e com a barra mais alta se estendendo por todo o capô, chegando até as extremidades dos faróis, que agora estão um pouco menores. O pára-choque também recebeu novo desenho, dando ar mais esportivo ao modelo. A lateral do modelo não sofreu alterações e sua traseira conta com lanternas com novo formato e iluminadas por LEDs e não são mais envolvidas por cromados. A tampa do porta-malas ganhou um novo desenho também, com vincos e a terceira luz de freio é localizada acima da barra do modelo. O interior também recebeu mudanças, contando com novos bancos que entregam mais conforto, painel redesenhado e, opcionalmente, uma tela de navegação de 8 polegadas sensível ao toque.

fusion-4

A parte mecânica não foi esquecida na renovação do Fusion, e entrega boas novidades. A maior delas é que agora o sedã da Ford conta com a opção híbrida. Batizado de Hybrid, o Fusion conta com um motor a gasolina 2.5l e outro elétrico, e segundo a Ford, é capaz de rodar com o motor elétrico em velocidades de até 75 km/h, fazendo com que a autonomia em uso urbano possa alcançar os 1.120 km. A bateria do sistema híbrido fica no porta-malas e o nível de energia pode ser conferido no painel de instrumentos desenvolvido especialmente pela Ford para seus modelos híbridos. Além da opção “verde”, o Fusion possui as opções movidas à gasolina: Duratec 2.5 (175 cv), 3.0 V6 (240 cv) e o inédito 3.5 V6 de 263 cv, que é exclusivo para a versão Sport do modelo.

ford_fusion_hybrid_04_

Por ser importado do México, o Fusion logo deve chegar o mercado brasileiro com as mudanças que recebeu. Atualizado para conquistar os clientes que possuem tantas opções em sua faixa de preço.

Por Carlos Eduardo Tobias





Salão de Los Angeles: Porsche apresenta novos Cayman e Boxster

20 11 2008

A Porsche está levando ao Salão de Los Angeles os novos esportivos Cayman e Boxster, que receberam pequenas novidades para a linha 2010, envolvendo mudanças visuais e mecânicas. Os dois modelos renovados começam a ser vendidos a partir de fevereiro do ano que vem. 

cayman-la-1 cayman-la-2

Exteriormente, ambos receberam novos faróis e lanternas auxiliares alimentadas por LEDs, além de novas entradas de ar e lanternas com novo desenho. Por dentro, o destaque é o novo sistema de interação PCM (Porsche Communication Management), que conta com tela de 6 polegadas, disco rígido para armazenamento de arquivos em áudio, comando de voz e interface para discos removíveis e iPods.

boxster-la-1 boxster-la-2

Mecanicamente, ambos receberam a opção de câmbio automatizado de duas embreagens PDK (Porsche-Doppelkupplung), de sete velocidades, que aprimora o desempenho dos esportivos. Cayman e Boxster receberam também novos motores: o primeiro recebeu melhoramentos no motor boxer, que ainda é o mesmo 2.9 de seis cilindros, mas que agora conta com 265 cv. Na versão S, o propulsor recebeu injeção direta de combustível, aumentando a potência para 320 cv. Já o Boxster continua com os mesmos motores do Cayman, mas com 255 cv na versão convencional e 310 cv na versão S.

Porsche Cayman und Cayman S

Agora, o Cayman vai da inércia aos 100 km/h em 5,9s, e o Cayman S, em 4,9s. Ambos os modelos fazem cerca de 11 km/l. Boxster e Cayman receberam novo ajuste da suspensão e novos itens de conforto, além de direção e freios revisados.

Por Pedro H. Kotowicz’