Ford apresenta nova geração da Ranger na Austrália

15 10 2010

Depois de um longo período passando apenas por reestilizações, finalmente a Ranger ganhou uma geração inteiramente nova. A Ford apresentou hoje (14) no Salão Internacional da Austrália a versão completamente reformulada e agora global da picape. Desenvolvida em parceria com a Mazda (que também mostrou sua versão do projeto), a nova caminhonete chega com estilo e mecânica totalmente revistos e a promessa de ser vendida em mais de 180 países. No Brasil, chega em 2012.

Como se vê na imagens, absolutamente nada com execeção do nome remete à geração anterior. Mais comprida, mais larga e consequetemente mais parruda a nova Ranger (diferentemente da versão vendida por aqui) se enquadra no novo estilo de design da Ford. A grade fronal cromada e formada por barras remete ao Fusion, ao Edge e ao novíssimo Explorer. Ainda na dianterira os faróis retangulares e o pronunciado para-choque reforçam a sensação de agressividade.

Nas laterais o desenho das portas bem como os cortes dos vidros remetem à Toyota Hilux, principal rival a ser combatida. As aberturas laterais para entrada de ar no motor são semelhantes a modelos da Land Rover, por exemplo. Mas há traços próprios como caixas de rodas volumosas e retrovisores que incorporam repetidores de direção. Na traseira, a tradicional configuração das picapes deste segmento: lanternas grandes e retangulares, tampa da caçamba lisa e para-choque cromado. Mas há uma particularidade: a enorme inscrição “R A N G E R”.

O interior, como nos modelos desta categoria, tenta se assemelhar cada vez mais aos carros de passeio. O desenho é bastante moderno e há abundância de itens eletrônicos, peças que imitam aço escovado, sistema de som com comandos no volante, ar-condicionado digital, dentre outros mimos. Isso sem falar em outras conveniências como controle eletrônico de tração e sensor de obstáculos. Entre os itens de segurança haverá controle de estabilidade (ESP) e airbags frontais, laterais e de cortina.

Construída numa plataforma interiamente nova, que aposenta a base do modelo asiático/europeu e a arcaica do modelo brasileiro, a nova Ranger incorpora novas opções de motorização e de transmissão. Movidos a diesel serão ofertados dois propulsores, ambos da família Duratorq: um 2.2 litros de 150 cavalos e um 3.2 litros de 200 cv. A gasolina será oferecido o já conhecido Duratec 2.5 litros de 166 cavalos, sendo que ele poder ser convertido para funcionar 100% com etanol ou ainda GLP.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Três também serão as opções de transmissão: manual de cinco marchas, manual de seis velocidades ou automática de também seis relações. Dimensionalmente falando, a nova Ranger agora conta com entreeixos  de 3,22 m e a bitola, mede 1.560 mm na 4×4 e 1.590 na 4×2. A caçamba possui 159 m de comprimento, 51 cm de altura e 1,56m de largura, e acomoda 1,21 m³ de carga. A expectativa é que a Nova Ranger comece a ser farbicada em Pacheco, na Argentina, em 2012 chegando imediatamente ao Brasil.

Por Dyogo Fagundes

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: