Nissan Livina: todas as fotos e informações do primeiro Nissan de passeio nacional

22 03 2009

Embora não seja daqueles lançamentos de grande destaque nacional, o Livina merece toda a atenção da Nissan, sua fabricante. Além de ser o primeiro veículo equipado com tecnologia bicombustível da montadora, o monovolume recebeu o importante título de primeiro veículo de passeio produzido pela marca em solo nacional. Mais precisamente em São José dos Pinhais (PR) onde, desde o começo do mês, saíram (e sairão) as unidades do modelo em duas opções de carroceria (5 e 7 lugares), duas de acabamento e mais duas de motorização.

livina5

Um carro com tecnologia japonesa, produzido por brasileiros para brasileiros. Assim a Nissan define o Livina, cujas vendas começam a partir de amanhã (23) em todos os 66 pontos de vendas da montadora espalhados pelo país. Falando em vendas, foram comercializadas mais de 10.000 unidades do modelo desde seu lançamento (em meados de 2007) em 6 países da Ásia mais a África do Sul.

livina13 livina9

Pode-se traduzir o monovolume em três adjetivos: versatilidade, espaço e custo/benefício, principalmente. Versatilidade pela quantidade de porta-trecos no habitáculo (13, ao todo) e praticidade do carro como um todo; espaço por ser um dos maiores do segmento e ter o mais amplo portamalas (449l); e relação custo/benefício por sair de fábrica já completa a um preço relativamente acessível de R$ 46.290. Isso veremos detalhadamente adiante.

livina2

Esses são os principais atributos da Livina (R$ 46.090 a R$ 56.690) para roubar vendas da concorrência, composta por Fiat Idea (R$ 40.500 a R$ 53.100), Chevrolet Meriva (R$ 43.500 a R$ 49.300) e Honda Fit (R$ 51.800 a R$ 62.000). A irmã maior Grand Livina (com espaço para 7 passageiros) chega pouco antes da virada do semestre e tem como principal rival a Chevrolet Zafira (R$ 61.900 a R$ 74.400). Por fora correm Citroën Picasso (R$ 53.400 a R$ 63.300) e Renault Scénic (R$ 49.200 a R$ 60.900). A previsão da montadora é chegar ao final do ano com 7.200 unidades vendidas do novo modelo, traduzindo numa média mensal de 800 unidades.

livina14 livina15

Desenvolvida sob a plataforma do Renault Logan, a minivan de proporções médias tem 4,18 m de comprimento (4,42m na Grand Livina ), 1,69 m de largura e 1,57 m de altura, comportando até 449l no portamalas. Estima-se que os dois motores deem conta dos 1.140kg do modelo. O primeiro, o já conhecido 1.6l 16v Flex da Renault, rende 104/108 cv (G/A) e o segundo, mais potente e derivado do hatchback Tiida, mas com tecnologia bicombustível, tem 1.8 litro, 16 válvulas e desenvolve até 126 cv de potência (125 cv com gasolina). O torque fica na casa dos 14,9/15,3 kgfm (G/A) para o primeiro e 17,5 kgfm (G/A) para o segundo bloco.

livina17

Serão disponibilizadas quatro versões de acabamento, duas com o motor 1.6 16V, que só pode ser acoplado à transmissão manual, e outras duas com 1.8 16V, esta exclusivamente equipada com câmbio automático. Com o bloco menor, a configuração de entrada custa R$ 46.090 e traz, dentre outros itens, ar-condicionado, direção elétrica, airbag para motorista, trio elétrico (vidros, travas e retrovisores), além de rodas de aço com calotas aro 14 e grade frontal na cor cinza. Na versão SL (topo de linha), que adiciona faróis de neblina, grade frontal cromada, rodas de liga-leve aro 15, CD Player com MP3, airbag duplo e freios com ABS, o preço sobe para R$ 50.690.

livina16 livina18

Equipada com o motor 1.8l Flex, a Livina apresenta preços que vão de R$ 51.490, na versão de entrada, a  R$ 56.690 na versão topo de linha SL. Os equipamentos de série são os mesmos das configurações com motor 1.6l. A diferença fica por conta da caixa automática de quatro velocidades, exclusiva deste propulsor. Apesar do visual acanhado (o que pesa muito contra num país onde boa parte dos carros são comprados pelo design), atributos para alcançar o sucesso a minivan tem de sobra. Resta agora saber como a novata se sai perante os veteranos do segmento.

livina12

Com índice de nacionalização beirando a casa dos 70% (os outros 30% compreendem peças importadas dos EUA e China), a Nissan promete três anos de garantia para o Livina. Das 800 unidades mensais previstas inicialmente para este ano, a marca acredita em uma divisão de 35% das vendas para o 1.6; 20% para 1.6 SL; 25% para o 1.8 e 20% para o 1.8 SL.

Confira os preços da linha Livina:

1.6 – R$ 46.090
1.6 SL – R$ 51.490
1.8 – R$ 50.690
1.8 SL – R$ 56.690

livina21 livina22

Confira a lista completa de equipamentos e dados técnicos da Livina 1.6l 16v e 1.8l 16v.

livina20

Galeria de imagens – Nissan Livina 1.6l SL e 1.8l SL (clique na imagem para ampliar):

livina4 livina11 livina6
livina3 livina7 livina10
livina1 livina19 livina8

Por Fillipe Vivas

About these ads

Ações

Information

7 responses

22 03 2009
Henrique Alves

ótima postagem hein! parabéns!!!

22 04 2009
Lucia Riyoko

Excelentes informações, muito esclarecedor. Parabéns!!!

23 04 2009
ELIZABET SILVA

EXCELENTE MATERIA, GOSTEI MUITO, MAS GOSTARIA DE SABER A RESPEITO DO POS- VENDA DO NISSAN LIVINA, PRECOS DE PECAS , ETC.
VALEU..

18 08 2010
evaristo

gostaria de saber onde encontro a grade frontal cromada da livina no mercado paralelo para trocar

16 09 2010
jose alisson da silva

gostei muitos mais eu gostaria de saber si as peças desse carro vende no brasil????????

4 03 2011
EDSON MARCOLIN

PARABENS PELA MATERIA!

PÇAS ENCONTRO NO BRASIL??

ATT
AGUARDO RETORNO

13 03 2012
RENANDEJESUS

QUE CARRO É ESSE MANO,DMAIS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 54 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: